domingo, 3 de abril de 2011

historias.de.enfermaria

Enquanto fazia a admissão do Sr.C que vinha para ser internado para mais um tratamento de quimioterapia houve algo que aconteceu...

(Eu) O Sr. C. é católico ou tem alguma religião?
(Sr) hum... sou católico não praticante, os meus pais já eram, eu fui batizado e casado pela igreja mas nao ligo nenhuma. E a Enfermeira?
(Eu) Eu sou.
(Sr) Porquê?
(eu) porque acredito nEle e em Deus encontro a força para cada dia e para cada batalha.

Entretanto o Sr. teve alta. Mas um dia voltou a ser internado para mais um tratamento de quimioterapia.

(Sr) Enfermeira Sara, tenho algo para lhe contar. Sabe o que fiz quando sai daqui no ultimo internamento?
(Eu) Acredito que tenha logo ido comer algo que tinha saudades ou ir a algum sitio.
(Sr) Nao, nada disso, Mal sai daqui, olhei para a igreja na entrada do hospital. Pensei na nossa conversa. Entrei, respirei fundo, sentei-me e comecei a falar com Ele e percebi que vale apena acreditar!

5 comentários:

  1. Amanhã também vou lá sentar me a falar com ele, ao fim da tarde... Beijinho*

    ResponderEliminar
  2. até me arrepiei.
    mesmo.
    a isso se chama "missionar" em qualquer sitio!

    ResponderEliminar
  3. Upa upa... alegro-me que sejas esse rosto de Cristo... partilho aqui a alegria que foi ver o meu amigo sr. U, internado no HGO há 2 meses, ter alta... pronto, vou deixar de ser dra palhaça daquele senhor e hoje bastou-me o seu sorriso para ganhar o dia... bjo, minha complota

    ResponderEliminar
  4. A espalhar a missão até no trabalho, orgulho!

    ResponderEliminar
  5. Quando preciso de um conselho e a ELE que eu procuro e no silensio procuro escutar tudo o que me diz

    ResponderEliminar